Documents of 20th-century Latin American and Latino Art

www.mfah.org Home

IcaadocsArchive

Document first page thumbnail
  • ICAA Record ID
    808075
    AUTHOR
    Maria Amélia Bulhões
    TITLE
    Introdução : América Latina : territorialidades e práticas artísticas / Maria Amélia Bulhôes and Maria Lúcia B. Kern
    IN
    América Latina : territorialidades e práticas artísticas. --- Porto Alegre, Brasil : Editora da UFRGS, 2002
    DESCRIPTION
    p. 9 -15
    LANGUAGES
    Portuguese
    TYPE AND GENRE
    Book/pamphlet article – Essays
    BIBLIOGRAPHIC CITATION
    Bulhôes, Maria Amélia and Maria Lucia de Bastos Kern. "Introdução: América Latina: territorialidades e práticas artísticas." In América Latina: territorialidades e práticas artísticas, 9- 15. Porto Alegre, Brazil: Editora da UFRGS, 2002.
    GEOGRAPHIC DESCRIPTORS
    ADDITIONAL AUTHORS
    Kern, Maria Lúcia Bastos
Editorial Categories [?]
Synopsis

In the introduction to their anthology of essays, María Amalia Bulhões and Maria Lúcia Kern explain their goal of assembling works by thinkers who suggested alternatives to the problem of territorializing art practices in Latin America. This concept involves a key aspect of modernism that defines a nation’s cultural practices, as well as its identities and forms of expression, in terms of space. This notion of “territoriality” is the result of the idea of borders that delineate classifying spaces and create infringement mechanisms in the modern world. To this day in Latin America, the subject of “artistic territoriality” sparks heated discussions that now also address questions related to the process of globalization. As national identities become diluted, new mechanisms are created to control real and symbolic space, and we find new ways to develop feelings that force us to consider both homogenizing and “differentiating” trends. In their introduction, the organizers of this collection of essays advocate reflection on artists’ performances in terms of the impact of those questions on art institutions, as well as the configuration of the symbolic field known as “Latin America.” They also tell us that the subjects dealt with in these essays are: globalization and homogenization versus plurality and identity; counter-territoriality versus a revaluing of local qualities; the problem of the center versus the periphery; and of course, all the inevitable subjects involved in cartography, landscape, and miscegenation.    

Leia esta sinopse em português
Synopsis

Em introdução à coletânea de ensaios, as autoras explicam o objetivo de reunir em um livro pensadores que trouxeram alternativas à problemática da territorialidade na América Latina. Tal conceito é considerado uma noção-chave da modernidade, definidor do espaço de suas práticas culturais, identidades e representações. A territorialidade resulta da demarcação de fronteiras, característica da fragmentação do mundo moderno, seja compondo espaços classificatórios, seja constituindo mecanismos de transgressão. O tema da territorialidade na América Latina provoca intensos debates, aprofundados por questões relativas à globalização. Ao mesmo tempo em que se diluem as identidades nacionais, surgem novos mecanismos de controle do espaço real e simbólico, novas possibilidades de desenvolvimento das sensibilidades, que obrigam a considerar, de um lado, as tendências homogeneizadoras e, de outro, as singularizantes. As autoras propõem a reflexão sobre a atuação dos artistas nesse contexto, o impacto dessas questões sobre instituições artísticas, bem como a própria configuração do campo simbólico chamado América Latina. Informam que os temas recorrentes nos artigos são: mundialização e homogeneização versus pluralidade e identidade, desterritorialização versus revalorização do lugar,  problemática centro/ periferia, além de temas como cartografia, paisagem e mestiçagem.

Revert to English synopsis
Annotations

This work, jointly created by María Amalia Bulhões and Maria Lúcia Kern, consists of a collection of essays on the subject of artistic practices in Latin America and the immediate issue of “territoriality.” These essays are in fact the texts of a number of lectures that were given at the 51º Congreso Internacional de Americanistas that was held in Chile in 2003, as well as essays by other specialists who did not participate in that event. The essays discuss the question of “artistic territoriality” mentioned above by considering a variety of artistic practices, including modernity and contemporaneity, in the region in question.

Leia este comentário crítico em português
Annotations

Texto de apresentação da coletânea de ensaios América Latina: territorialidade e práticas artísticas, que reúne algumas das comunicações apresentadas no 51º Congresso Internacional de Americanistas, no Chile, em 2003, bem como textos de outros especialistas convidados. Busca fazer a análise da questão da territorialidade no âmbito das artes, através da análise de práticas artísticas da modernidade e da contemporaneidade latino-americana.

a- Busca de categorias unificadoras baseadas em aspectos sócio-culturais

Revert to English annotations
Researcher
José Augusto Ribeiro, Fernanda Pitta
Team
FAPESP, Sao Paulo, Brazil
Credit
Reproduzido com o consentimento de Maria Amelia Bulhões, Universidade Federal do RGS, Porto Alegre, RS Brasil.
Reproduzido o livro com o Consentimento de Maria Lúcia Bastos Kern, Porto Alegre, RS Brasil
Location
Centro de Documentação e Biblioteca do Itaú Cultural