Documents of 20th-century Latin American and Latino Art

www.mfah.org Home

IcaadocsArchive

Document first page thumbnail
  • ICAA Record ID
    1111440
    TITLE
    Paradoxos da modernidade / Rodrigo Naves
    IN
    Sérgio Sister. -- São Paulo : Galeria Paulo Figueiredo, 1996
    LANGUAGES
    Portuguese
    TYPE AND GENRE
    Book/pamphlet article – Essays
    BIBLIOGRAPHIC CITATION
    Naves, Rodrigo. Paradoxos da modernidade. In Sérgio Sister. São Paulo: Galeria Paulo Figueiredo, 1996.
    NAME DESCRIPTORS
    Sister, Sérgio, 1948-
    GEOGRAPHIC DESCRIPTORS
Synopsis

The synopsis in English are coming soon.

Leia esta sinopse em português
Synopsis

Análise do crítico de arte Rodrigo Naves sobre a obra do artista Sérgio Sister. O autor toma como ponto de partida as "lições" que o pintor italiano Giorgio Morandi teria para oferecer à arte contemporânea: ao retomar formulações estéticas aparentemente extemporâneas, quando a modernidade vivia "certo compasso de espera"; por enfrentar as tensões de um meio que, após a tradição de rupturas das vanguardas, não oferecia resistência. Para Naves, a pintura de Sérgio Sister viveria dilema parecido, sem pretender transgressões formais, com uma produção que é, antes, "um esforço para dificultar a expressão". Daí a presença discreta das obras do pintor, fruto de um excesso de trabalho para um resultado ínfimo em efeitos. Isso tampouco significaria um elogio da manufatura, segundo o autor, já que as pinturas de Sister trariam consigo uma estética ciosa e paciente de suas origens e destinação.

Revert to English synopsis
Annotations

The annotations in English are coming soon.

Leia este comentário crítico em português
Annotations

O texto está publicado no catálogo da exposição individual de Sérgio Sister em 1996, na galeria Paulo Figueiredo, em São Paulo. As obras apresentadas pelo artista na mostra caracterizam-se por faixas de cor de tonalidades aproximadas, com pinceladas curtas, em direções diferentes, empregando tintas metálicas. Em geral, a vibração cromática produzida pelos pincéis, ao mesmo tempo em que estrutura o quadro, retém a luminosidade dos pigmentos. Rodrigo Naves enfatiza, nesta apresentação, que tais operações e procedimentos não interessam pela "exterioridade dos atos", mas por sua própria constituição problemática, que "se interroga a cada movimento".

 

n- Revalorização da pintura , nos anos 80

Revert to English annotations
Researcher
Equipe Brasil: José Augusto Ribeiro
Team
FAPESP, Sao Paulo, Brazil
Credit
Reproduzido com o consetimento do autor, São Paulo, BR
Location
Galeria Nara Roesler