Documents of 20th-century Latin American and Latino Art

www.mfah.org Home

IcaadocsArchive

Document first page thumbnail
  • ICAA Record ID
    1111391
    AUTHOR
    Laurentiz, Paulo, 1953-1991
    TITLE
    Extramaterialidade e Arte
    IMPRINT
    Campinas, SP, Brasil : [s.n.], jul./dez. 1997
    DESCRIPTION
    6p.
    LANGUAGES
    Portuguese
    TYPE AND GENRE
    Journal article – Essays
    BIBLIOGRAPHIC CITATION
    LAURENTIZ, Paulo. Extramaterialidade e Arte. Trilhas: Revista do Instituto de Artes da Unicamp, Campinas, SP, v.1, n.6, p.134-139, jul./dez. 1997.
    TOPIC DESCRIPTORS
Editorial Categories [?]
Synopsis

This essay by Paulo Laurentiz addresses postindustrial art and how it has been influenced by two major components, production and distribution. With regard to production, he points to a technological revolution that has subverted all the beliefs and principles that inform modern art. Laurentiz then enumerates the basic queries related to art that are formulated on the basis of production, for example: (1) materials and information used with principles and beliefs of a postindustrial society that derives from this information; (2) new examples, criteria, and poetics produced by a changing culture that has settled with this new knowledge and intangible poetics; (3) the interface of art and computer science, and the development of this interface enabling the systemization of the aforementioned criteria and poetics, (4) icons and math that create simulation models and templates; (5) abductive logical patterns; synthetic reasoning where abduction is used to create via representation or analogy (in other words, by simulation). Laurentiz, in making reference to distribution, questions existing “material art” exhibitions, since in his opinion the only possible way of producing universal art is through circuits of communication. This network would create the possibility of disseminating and updating these artistic creations globally, with access democratized via telephones and satellites. In conclusion, he raises the issue of shared authorship by both the users and computers.

Leia esta sinopse em português
Synopsis

Neste artigo, Paulo Laurentiz apresenta a arte pós-industrial sob dois aspectos: o da produção e o da distribuição. Quanto ao primeiro, ressalta a subversão dos valores que estruturavam a arte moderna pelos novos valores ditados pela revolução tecnológica. Para o autor, o modernismo apresentou-se na história como uma maneira de explorar os diferentes padrões de linguagem dos distintos meios de comunicação e de expressão, deixando em segundo plano a função de representar, que é própria dos signos. Laurentiz aponta algumas questões estruturadas sobre a produção: 1) matéria e informação, estando os valores da sociedade pós-industrial centrados na informação; 2) novos paradigmas e poéticas, posto que a cultura em mutação vai se assentar sobre valores de conhecimento e de poética imateriais; 3) a informática como interface para a arte, uma vez que o desenvolvimento da informática possibilita a organização dessas novas poéticas; 4) matemática e ícones, passando a matemática à executar modelos de simulação; 5) padrões lógicos abdutivos, a função inteligente da inteligência artificial (pensamento sintético), sendo a abdução o principal foco da arte que se desenvolve, ou representação por similaridade, entendida por simulação, a sugerir significados que ampliam o horizonte da compreensão, a inteligência artificial e os modos produtivos eletrônicos. Quanto ao segundo aspecto, da distribuição, Laurentiz discorre sobre o fim da exposição da "arte material". Segundo ele, a arte encontraria a possibilidade de ser mais universal pelos circuitos de comunicação. A rede daria aos trabalhos artísticos a possibilidade de divulgação e atualização à distância. O acesso seria democratizado por meio de telefones e satélites. O autor levanta, então, a questão da autoria em trabalhos partilhados pelos usuários e pelas máquinas.

Revert to English synopsis
Annotations

Paulo Laurentiz (1953–91) became known as an authority in the early development of the field of art and technology and its creative and artistic experimental practices in Brazil. He organized several telecommunication events and his book, A Holarquia do Pensamento Artístico, is based on his doctoral thesis that points to the core moment of artistic creation that evolved with the innovation of technology and communication. This document, “Extramaterialidade e Arte,” is based on a previous study that he presented at the Departamento de Multimeios do Instituto de Artes de la UNICamp (Universidade de Campinas, Estado de São Paulo) in 1989.

Leia este comentário crítico em português
Annotations

Paulo Laurentiz (1953 - 1991) tornou-se uma figura fundamental no início das experiencias de Arte e Tecnologia no Brasil. Organizou vários eventos em telecomunicação no país e no mundo, tendo sido uma figura fundamental no cenário da arte. Seu livro "A Holarquia do Pensamento Artístico", resultado de tese de doutoramento, é um importante momento de reflexão sobre a criação artística que se vale das novas tecnologias da comunicação. "Extramaterialidade e Arte" é o desenvolvimento de um trabalho apresentado no Departamento de Multimeios do Instituto de Artes da Universidade de Campinas (UNICAMP), em 1989.

 

l- Arte e tecnologia digital. Poéticas digitais

Revert to English annotations
Researcher
Equipe Brasil: Anna Barros
Team
FAPESP, Sao Paulo, Brazil