Documents of 20th-century Latin American and Latino Art

www.mfah.org Home

IcaadocsArchive

Document first page thumbnail
Editorial Categories [?]
Synopsis

This newspaper report highlights the problems, controversy, and expectations that surrounded the curatorial proposal of the twentieth Bienal Internacional de São Paulo of 1989. Additionally, it included comments made by three renowned art critics, a gallery owner, and the curator of the previous biennial. The presence of acclaimed international artists Joseph Beuys, David Hockney, Frank Stella, and Yves Klein was greatly anticipated, in addition to displays of technological art, as well as a retrospective of the first biennials of the 1950s. Gallery owner Raquel Arnaud denied being pressured by any art dealers looking forward to participating in the event. The art critics (Ronaldo Brito, Rodrigo Naves y Alberto Tassinari) considered the “awards” (based on country, artist, and work) as a setback. From a curatorial perspective, it was their opinion that this biennial needed a rigorous selection of work and not the extremely limited curatorial selection that was presented. Lastly, Sheila Leirner, the curator responsible for two earlier exhibitions, comments on the importance of the biennials.

Leia esta sinopse em português
Synopsis

Texto jornalístico sobre a 20a Bienal Internacional de São Paulo, que descreve algumas expectativas sobre o evento, além de comentar polêmicas em torno de sua organização, trazendo declarações de uma galerista, uma curadora de edição anterior e três críticos de arte. Em relação às expectativas, a matéria destaca a presença de artistas internacionais consagrados, como J. Beuys, D. Hockney, F. Stella e Y. Klein, e da arte tecnológica. Antecipa, também como pontos altos, o retorno do teatro, as mostras de cinema experimental e uma retrospectiva das Bienais da década de 1950. Comentando o peso do mercado na seleção dos artistas, traz o depoimento de Raquel Arnaud, galerista representante de artistas selecionados, que afirma não haver pressão por parte de marchands para a entrada de artistas no evento. Junto com os críticos Ronaldo Brito, Rodrigo Naves e Alberto Tassinari, ela considera o retorno das premiações (para melhor país, melhor obra e melhor evento especial) um retrocesso. Quanto à curadoria, Naves e Brito salientam a necessidade de seleção rigorosa de artistas, pautada na qualidade, mais do que uma proposta curatorial delimitada, enquanto Arnaud considera a proposta necessária. O texto traz ao final declaração da ex-curadora Sheila Leirner a respeito da importância das Bienais para a arte brasileira.

Revert to English synopsis
Annotations

On the fortieth anniversary celebration of the São Paulo international biennial, an overall historical review was made of the event. Apart from the presence of distinguished artists such as Beuys, Stella, and Klein (who were very influential in Brazil in the late 1980s), other artistic languages that were in dialogue with the visual arts were included, such as theater and cinema. It is important to stress that issues linking the biennial with the art market and the financial world were generally featured through discussions relating to the awards, the selection of artists and works, and the curating of the event itself with its internal and external limitations.

 

[For further reading, see in the ICAA digital archive the essay written by João Cândido Galvão, the only responsible and remaining curator of the originally named for the twenty-first biennial (1991), entitled “Introdução = Introduction” (doc. no. 1111098)].

Leia este comentário crítico em português
Annotations

No aniversário de 40 anos da Bienal Internacional de São Paulo, ocasião de sua 20. edição, faz-se um balanço da história deste evento. Destaca-se a presença de artistas com Beys, Stella e Klein que serão influências importantes para os artistas brasileiros no final dos anos 1980 e início dos anos 1990. É relevante também notar a presença de outras linguagens artísticas, como o teatro e o cinema, em diálogo com as artes visuais, tema que freqüentemente retorna à discussão quando se debate o formato da Bienal de São Paulo. É interessante notar, ainda, que questões como a relação entre a Bienal e o mercado, premiação, formato da seleção de artistas e o papel da curadoria são constantes nos sucessivos balanços e crises das bienais.

 

m- Bienal de São Paulo

m- Internacionalização da cultura. Artista cidadão do mundo.

m- Novo formato do empreendimento artístico e agenciamentos da sociedade de mercado

Revert to English annotations
Researcher
Equipe Brasil: Fernanda Pitta
Team
FAPESP, Sao Paulo, Brazil
Location
Biblioteca da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo