Documents of 20th-century Latin American and Latino Art

www.mfah.org Home

IcaadocsArchive

Document first page thumbnail
  • ICAA Record ID
    1111112
    TITLE
    A experiência do vídeo no Brasil
    DESCRIPTION
    16p.
    LANGUAGES
    Portuguese
    TYPE AND GENRE
    Book/pamphlet article – Essays
    BIBLIOGRAPHIC CITATION
    MACHADO, Arlindo. A experiência do vídeo no Brasil. In: MACHADO, Arlindo. Máquina e imaginário: o desafio das poéticas tecnológicas. São Paulo: Edusp, 1993. p.253-274.
Editorial Categories [?]
Synopsis

The synopsis in English are coming soon.

Leia esta sinopse em português
Synopsis

Arlindo Machado historia o desenvolvimento do vídeo independente no Brasil e o papel que exerceram na renovação de linguagem na televisão de sinal aberto assim como na capacidade de criar estruturas de produção alternativas às grandes redes televisivas. Observa que o vídeo independente surgiu nos anos 1980, quando o cinema brasileiro de invenção estava em declínio. A prática alternativa de cinema, pelos altos custos de produção envolvidos, era inviável. A fita magnética das câmaras de vídeo era mais acessível e havia maior versatilidade na mídia eletrônica. A linguagem televisiva como referencial de linguagem teria substituído o referencial do cinema para essa geração de jovens videomakers brasileiros. Mas essa televisão ousada e criativa teria, em sua maior parte, permanecido ausente das grandes redes de televisão comercial, que ignoraria essa produção embora ela se prestasse de forma perfeita à tela pequena e usasse os recursos eletrônicos de estúdio. Esses videos, segundo Machado, teriam avançado na experimentação das possibilidades da linguagem eletrônica, dando ressonância aos problemas sociais e cumprindo uma função de vanguarda. Machado lembra a importância de pequenas emissoras locais, como a paulistana TV Gazeta, como trampolim inicial de grande parte dos videomakers. Cita e comenta o trabalho de diversos autores do período, como o grupo TVDO (que seria a melhor tradução do estilo anárquico de Glauber Rocha), Tadeu Jungle, Walter Silveira, Marcelo Tas e muitos outros nomes de destaque no período.

Revert to English synopsis
Annotations

The annotations in English are coming soon.

Leia este comentário crítico em português
Annotations

Arlindo Machado é um dos principais teóricos e historiadores da arte tecnológica ou eletrônica em atividade no Brasil. Professor do Depto. de Cinema, Rádio e Televisão da ECA-USP, tem extensa produção científica e vários livros sobre o tema. Exerce também atividades de curadoria, tendo organizado mostras como "A Arte do Vídeo no Brasil" (MAM-RJ, 1997) e "Brazilian Video" (Washington, EUA).

 

l- Arte e tecnologia digital. Poéticas digitais

l- Experimentação com meios técnicos de produção de imagens audio visuais. Foto. Filme. Videoarte. Videoinstalação. Multimeios

Revert to English annotations
Researcher
Equipe Brasil: Angelica de Moraes
Team
FAPESP, Sao Paulo, Brazil
Location
Serviço de Biblioteca e Documentação ECA/USP