Documents of 20th-century Latin American and Latino Art

www.mfah.org Home

IcaadocsArchive

Document first page thumbnail
  • ICAA Record ID
    1110980
    TITLE
    Voltas de pintura / Ronaldo Brito
    IN
    Arte contemporânea brasileira : texturas, dicções, ficções, estratégias. -- Rio de Janeiro, Brazil : Contracapa, 2001
    DESCRIPTION
    p. 136 - 140
    LANGUAGES
    Portuguese
    TYPE AND GENRE
    Book/pamphlet article – Essays
    BIBLIOGRAPHIC CITATION
    Brito, Ronaldo. "Voltas de pintura." In Arte contemporânea brasileira: texturas, dicções, ficções, estratégias, 136- 140. Rio de Janeiro, Brazil: Contracapa, 2001.
    TOPIC DESCRIPTORS
    NAME DESCRIPTORS
Editorial Categories [?]
Synopsis

In this essay on Brazilian painter Jorge Guinle, critic Ronaldo Brito ponders the possibility that Postmodernism will come to be seen as a “basic continuity,” or even as a “regression.” In Brito’s view, this is the dilemma underlying the debate on the “return to painting” in Brazil in the eighties, particularly in relation to what was called “energetic” art. Brito examines the case of Guinle, whose painting entails constant tension between affirmation and historical saturation, he argues. Brito even floats the hypothesis that Guinle explores a “counter-Cubist” space, baring his body and soul in the irrefutable space established by modernism in order to distance himself from other painters of his generation. 

Leia esta sinopse em português
Synopsis

Neste ensaio sobre o pintor Jorge Guinle, o crítico de arte Ronaldo Brito indaga se a pós-modernidade deve ser entendida como continuidade e aprofundamento ou como retrocesso. Para o autor, este é também o dilema da pintura na década de 1980, sobretudo daquela que se costumou chamar de "energética". Brito examina o caso de Jorge Guinle, cuja obra se mostra em tensão entre uma pintura afirmativa e a saturação da história. O crítico lança a hipótese de Guinle explorar um espaço "contra-cubista", lidando problematicamente com o espaço irrefutável fundado pela modernidade, para assim distanciar-se de seus colegas de geração.

Revert to English synopsis
Annotations

Rio de Janeiro-based artist Jorge Guinle (1947–87) was a major player in what is called the “Geração 80,” although his later work took a different path. In addition to his painting, Guinle made a major intellectual contribution as an art critic. 

 

Ronaldo [Correia de] Brito (b. 1951), who is from the state of Ceará, is one of the most important and influential art critics active in Brazil today. His essays have been published in books, journals, and exhibition catalogues. A founder of the magazines Malasartes and Gávea, he is a regular contributor to the newspaper Opinião. In the seventies, Brito was a leading figure in the reassessment of the Neo-Concrete movement and its legacy for contemporary art from Brazil.

 

For another text by Brito on painting from the eighties as a “possibility” exemplified by Eduardo Sued, as well as Guinle, see “Possibilidades de pintura: dois exemplos” [doc. no. 1110973].

Leia este comentário crítico em português
Annotations

Jorge Guinle Filho foi um dos protagonistas da Geração 80 no Rio de Janeiro, apesar de sua formação ter seguido um caminho independente. O artista se destacou não só por sua pintura, mas também por sua contribuição intelectual como crítico. Ronaldo Brito é um dos mais importantes e influentes críticos brasileiros. Além de textos em livros e catálogos diversos, colaborou para o jornal "Opinião", foi um dos fundadores das revistas "Malasartes" e "Gávea", além de ter sido um dos protagonistas do reestudo do neoconcretismo e de seu legado nos anos 70.

 

Ver também:

Ronaldo Brito. Possibilidades de pintura: dois exemplos

 

c- Geração 80. Mostras. Artistas. Novo universo de valor: volta a pintura, uso da imagem (banal, precário, remanescente); lúdico, citação e paródia

n- Revalorização da pintura , nos anos 80

Revert to English annotations
Researcher
Guilherme Bueno
Team
FAPESP, Sao Paulo, Brazil
Credit
Ronaldo Brito, Rio de Janeiro, Brazil
Location
Escola de Artes Visuais do Parque Lage