Documents of 20th-century Latin American and Latino Art

www.mfah.org Home

IcaadocsArchive

Document first page thumbnail
Editorial Categories [?]
Synopsis

This text by Gastão Cruls is outlined as follows: The Visual Arts, Basic Elements and Development; Instruments and Material; Body Adornments; Featherwork; Auxiliary Decoration Elements; Braids and Weaves; Works with Strings of Beads; Artifacts Made of Plant Tissue; Decorative Panels; Ritual Masks; Ceramic Art; Sculpture; and Habitats. It is illustrated with 21 black and white photographs. It was published, for the first time, in a 1952 anthology of articles compiled by Rodrigo de Melo Franco de Andrade, one of the most prominent art critic and historian of his generation.

Leia esta sinopse em português
Synopsis

O texto de Cruls assim se estrutura: Elementos básicos no desenvolvimento das artes plásticas. Instrumental e material. Adornos corporais. Arte plumária. Elementos subsidiários do adorno. Trançado e tecido. Trabalhos de miçanga. Artefatos de líber. Painéis decorativos. Máscaras de dança. Arte cerâmica. Escultura. Habitação. É ilustrado por 21 fotos em branco e preto. Este ensaio foi publicado pela primeira vez numa coletânea organizada por Rodrigo de Melo Franco de Andrade, um dos grandes agitadores culturais de sua geração, em 1952.

Revert to English synopsis
Annotations

The text, considered a pioneer approach, is an attempt to systemize Brazilian indigenous art, despite the limited amount of space accorded to each of the categories in the volume. The author, Gastão Cruls, a doctor by profession, traveled extensively throughout the Amazon region in the 1920s and later published novels, stories and tales of the trip; among them, A Amazônia Misteriosa (1925) and A Amazônia que eu vi (1930). His interest in indigenous art was born from these experiences, even though his observations were indisputably ethnocentric and evident in many passages of the text, scarcely informed of the anthropology available at the time. Thus, he referred to descriptions such as “outlandish costumes” and “domino fantasies” relating to costumes and ritual masks, and used such terms as “fetish cult”, “backward tribes”, “savages”, “savagery”, etc., which compromised his innovative work and its initial merit.

 

[For more on this topic, see in the ICAA digital archive by Darcy Ribeiro “Arte índia” (doc. no. 1110737), published in História geral da arte no Brasil (São Paulo: Instituto Moreira Salles, 1983), a volume compiled by Walter Zanini].

Leia este comentário crítico em português
Annotations

Trata-se de uma abordagem pioneira, em que, pela primeira vez, houve uma tentativa de sistematização das artes dos indígenas brasileiros, ainda que no espaço bastante limitado a que cada autor da coletânea teve de submeter-se. O autor, Gastão Cruls, médico de formação, viajou extensamente pela Amazônia na década de 1920, publicou romances, contos e relatos de viagem (A Amazônia Misteriosa, A Amazônia que eu vi). Foi essa vivência que despertou seu interesse pelas artes indígenas, mas seu texto e suas observações evidenciam, em muitas passagens, o etnocentrismo do autor e pouca familiaridade com a antropologia de sua época. Assim, ele recorre a conceitos como "espafúrdios disfarces", "dominós fantasias", quando se refere à indumentária e a máscaras de dança, "culto fetichista", "tribos atrasadas", "selvagens", "asselvajamento", inteiramente superados, que comprometem o mérito deste trabalho inovador.

 

Ver também:

Arte índia. Darcy Ribeiro. In: Walter Zannini (org.). História geral da arte no Brasil

 

d2- arte indigena e visão antropológica

Revert to English annotations
Researcher
Equipe Brasil: Carlos Moura
Team
FAPESP, Sao Paulo, Brazil
Location
Biblioteca da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo - FAU/USP