Documents of 20th-century Latin American and Latino Art

www.mfah.org Home

IcaadocsArchive

Document first page thumbnail
  • ICAA Record ID
    1110714
    AUTHOR
    Oberson, Anne-Laure
    TITLE
    Palavra imagem cidade
    DESCRIPTION
    38 p.
    LANGUAGES
    Portuguese
    TYPE AND GENRE
    Artist’s book – Other
    BIBLIOGRAPHIC CITATION
    OBERSON, Anne-Laure; ZAYA, Antonio; BARRUS, Edson; ESPAÇO CORINGA; BARROS, Fabiana de; COSTAS, Laura Gyoerik; FERNANDES, Pedro Palhares. Palavra imagem cidade. São Paulo: Projeto Aberto, 2006. 38p. Livro de artista.
    NAME DESCRIPTORS
    GEOGRAPHIC DESCRIPTORS
    ADDITIONAL AUTHORS
    Zaya, Antonio, 1954-; Barrus, Edson; Espaço Coringa; Barros, Fabiana de; Costas, Laura; Palhares, Pedro, 1978-
Editorial Categories [?]
Synopsis

This bound and offset printed leaflet reflects the joint efforts of two groups of Brazilian artists—Espaço Coringa and Projeto Aberto—whose goal was to stimulate activities targeting “Public Arts, Contextual Art, and the Social Artist,” as stated by members of the groups. This little “artists’ book” documents the activities of both groups as well as anonymous participants and passers-by. They also worked with street vendors, advertising strips, fliers, dark rooms, work groups, lectures (one by Marina Abramovic), in addition to the leaflet mentioned above. These activities took place in the city of São Paulo (in September and October 2006) at the following locations: the Lapa Bus Terminal Plaza, the Barra Funda metro station, Parque do Ibirapuera, a route from Avenida São João to the Praça do Patriarca, an open air street market in the Perdizes neighborhood, and exteriors and interiors at the PUC (Pontifícia Universidade Católica) and the SESC-Pompéia.

Leia esta sinopse em português
Synopsis

Trata-se de uma publicação encadernada em forma de brochura e impressa em off-set, feita com a participação de artistas do coletivo de arte Espaço Coringa e do Projeto Aberto, que tem por objetivo o desenvolvimento de ações relacionadas às "Artes Públicas, assim como à Arte Contextual e ao Artista Social", conforme os próprios participantes relatam. Este pequeno "livro de artistas" registra as ações dos dois grupos, além de participantes anônimos e transeuntes, envolvendo simultaneamente a utilização de ambulantes, faixas, volantes, câmera escura, grupos de trabalho, palestras (com a participação de Marina Abramovic) e a referida publicação. As ações ocorreram entre setembro e outubro de 2006, em São Paulo, nos seguintes contextos: Praça do Terminal Urbano da Lapa, Estação Barra Funda do Metrô, Parque do Ibirapuera, Percurso entre a Avenida São João e a Praça do Patriarca, Feira de rua em Perdizes, arredores e interior da PUC e do SESC Pompéia.

Revert to English synopsis
Annotations

The text, which takes up almost the entire book, was also jointly produced by members of the groups, and alerts the reader to the use of “informal communications media [functioning] as a means to provide opportunities for creativity in public spaces.” In fact, the goal of these artists—and the institutions that support their initiative—is to challenge the validity and scope of the conventional production and exhibition of works of art in the contemporary art environment. These artists do not attempt to use (in a non-hierarchical way that tends toward hybridization) a number of media, including traditional printmaking, the graphic arts, photography, video, the internet, installations, performance art, and so on. There is, however, an emphasis on media that expose the squalor of day-to-day life in large cities, suffocated by mass media or the demands of the consumer society.   

Leia este comentário crítico em português
Annotations

O texto que percorre praticamente todo o livro também foi produzido coletivamente, e chama a atenção do leitor para a utilização da "mídia informal como possibilidade de criação e inserção de comunicação no espaço público". De fato, o que demarca a posição destes artistas e das instituições que os apoiaram nesta iniciativa é o questionamento sobre a validade e o alcance do circuito convencional de produção e exposição da obra de arte no contexto atual. Os artistas não traem, assim, a intenção de utilizar, de modo não hierárquico e com tendência à hibridização, diversos meios ou mídias (gravura tradicional, artes gráficas, fotografias, vídeo, internet, instalação, performance etc.) que possam rapidamente ser apropriados por qualquer um para a efetuação de um discurso qualquer a qualquer momento; muito embora recebam ênfase aqueles que expõem as mazelas da vida cotidiana nas grandes cidades, sufocadas pela comunicação de massa e pelas demandas do mercado.

 

i- A gravura expandida

i- artes gráficas e espaço publico

Revert to English annotations
Researcher
Equipe Brasil: Luiz Armando Bagolin
Team
FAPESP, Sao Paulo, Brazil
Credit
Espaço Coringa, São Paulo, SP, Brasil
Location
Acervo Pessoal Luiz Armando Bagolin