Documents of 20th-century Latin American and Latino Art

www.mfah.org Home

IcaadocsArchive

Document first page thumbnail
  • ICAA Record ID
    1110710
    TITLE
    Digressão sobre o regionalismo a partir da questão do "ponto de vista"
    NOTES

    Tese publicado originalmente como:

    XAVIER, Ismail. Sertão Mar: Glauber Rocha e a estética da fome. São Paulo: Brasiliense, 1983. p.140-152.

     

    LANGUAGES
    Portuguese
    TYPE AND GENRE
    Book/pamphlet article – Essays
    BIBLIOGRAPHIC CITATION

    XAVIER, Ismail. Sertão Mar: Glauber Rocha e a estética da fome. São Paulo: Cosac Naify, 2007. p.168-180.

    NAME DESCRIPTORS
Synopsis

In “Regarding Regionalism According to a Specific ‘Point of View’”—chapter four of his doctoral thesis on the work of Glauber Rocha—Ismail Xavier analyzes the process that the filmmaker uses to bypass the concept of regionalist fiction conveyed by the traditional language of Hollywood movies. This idea is expressed in particularly radical terms in Rocha’s 1964 film Deus e o Diabo na Terra do Sol. Though the film includes a string of contradictions regarding the world of the Brazilian sertão region, in Xavier’s opinion Rocha takes an approach that—as João Guimarães Rosa did in Grande Sertão: Veredas (1956)—suggests an innovative connection between his characters and how they are changed by their relationship to that part of Brazil. The author identifies a wide range of alternatives to treatments driven by both “landscape” and “picturesque” solutions. Xavier compares more traditional works and those that break with such naturalist canons, thereby giving the narrative a subjective tone and narrowing the gap between subject and object. It would be helpful, at this point, to mention Vidas Secas (1938), the very brief, simple literary work written by Graciliano Ramos. The novelist’s indirect-free style and the subtlety of the movie version of the book directed by Nelson Pereira dos Santos help to expose the audience to the characters’ experience. Though the film Deus e o Diabo na Terra do Sol takes a different approach to the curt tone adopted by Ramos, Xavier’s thesis insists that both works are alike in the way they capture the bleak destitution of the Brazilian northeast.   

Leia esta sinopse em português
Synopsis

No item "Digressão sobre o Regionalismo a partir da questão do ‘ponto de vista’", que encerra o quarto capítulo de sua reflexão sobre a obra de Glauber Rocha, Ismail Xavier analisa o processo de superação da ficção regionalista e da linguagem convencional do cinema hollywoodiano, que adquire sua fisionomia mais radical em ‘Deus e o Diabo na Terra do Sol’. Levando a uma verdadeira explosão das contradições ligadas ao universo sertanejo, o filme de Glauber estaria, segundo o autor, adotando a linha de confronto e contrapondo - como o faz Guimarães Rosa em ‘Grande Sertão, Veredas’ - uma aproximação nova em relação à consciência dos personagens e a transfiguração erudita que se elabora sobre ela. O autor identifica um leque amplo de alternativas para a superação do ‘paisagismo’ e do pitoresco’. E promove a contraposição entre obras mais tradicionais e aquelas que rompem com esses cânones naturalistas, subjetivando a narrativa e superando a distância sujeito-objeto. É central nesse momento a reflexão acerca de ‘Vidas Secas’. Tanto o estilo indireto livre adotado por Graciliano Ramos como os recursos fílmicos adotados por Nelson Pereira dos Santos traduzem-se em uma articulação de procedimentos que aproximam o espectador da experiência das personagens. Mesmo indicando que ‘Deus e o Diabo’ segue num caminho distinto da secura acautelada de ‘Vidas Secas’, Xavier defende que ambos pertencem ao mesmo processo de enfrentamento articulado da questão da representação da cena nordestina.

Revert to English synopsis
Annotations

This excerpt is taken from the fourth chapter of the book Sertão Mar—Glauber Rocha e a Estética da Fome (Sa~o Paulo: Brasiliense, 1983). It is the text of the doctoral thesis defended by Ismail [Norberto] Xavier (b. 1947) at the Universidade de São Paulo.

 

In this text, in a variety of ways, Xavier explores a formal approach to an expression of national identity; in so doing, he presents the equation from the opposite perspective. In his opinion, the richness of Glauber Rocha’s work projects a defiant “form” in which the subject is discussed after it has been described. The inhabitants of the Brazilian sertão region are no longer seen as “other than myself,” thus creating an open discussion that is both discontinuous and devoid of any trace of homogeneity.  

 

Glauber [de Andrade] Rocha (1939–81) was a celebrated film director, actor, and film critic in the 1960s and 1970s. He was a key member of “Cinema Novo,” the movement he led based on films such as Deus e o Diabo na Terra do Sol (1964) and Terra em Transe (1967).

 

[As complementary reading, see the following texts by Rocha in the ICAA digital archive: “Uma estética da fome” (doc. no. 807556); “MAMB não é museu: é escola e ‘movimento’ por uma arte que não seja desligada do homem” (doc. no. 1110859); and “Nordeste” (doc. no. 1111194). See also Chapter V of Sertão Mar, the above-mentioned book by Ismail Xavier, entitled “Considerações sobre a estética da violência” (doc. no. 1110711)].

Leia este comentário crítico em português
Annotations

‘Sertão Mar - Glauber Rocha e a Estética da Fome’, obra da qual foi retirado o trecho em questão (tópico que encerra o 4.º capítulo), foi originalmente defendida pelo autor como tese de doutorado pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo sob a orientação inicial de Paulo Emílio Salles Gomes e, depois da morte deste, por Antonio Candido de Mello e Souza. Ao recolocar em outros termos a questão do " como forma de afirmação da identidade nacional, Xavier promove como que uma inversão dos pólos da questão: para ele a riqueza de Glauber se afirma também pela forma desafiante em que o tema é tratado, superando o descritivismo - o sertanejo não seria mais "um outro separado de mim" - e criando um discurso aberto, repleto de conflitos, descontínuo e heterogêneo.

 

Ver também:

XAVIER, Ismail. Considerações sobre a Estética da Violência

 

b- Experiencia regional e renovação artística

Revert to English annotations
Researcher
Equipe Brasil: Maria Hirszman
Team
FAPESP, Sao Paulo, Brazil
Location
Serviço de Biblioteca e Documentação ECA/USP