Documents of 20th-century Latin American and Latino Art

www.mfah.org Home

IcaadocsArchive

Document first page thumbnail
  • ICAA Record ID
    1110683
    TITLE
    Arte correio e a grande rede: hoje, a arte é este comunicado
    NOTES

    Publicado originalmente como:

    BRUSCKY, Paulo. Arte correio e a grande rede: hoje, a arte é este comunicado. Recife, 1976. 1p.

    E posteriormente em:

    FERREIRA, Gloria (org.). Crítica de Arte no Brasil: Temáticas Contemporâneas. Rio de Janeiro: Funarte, 2006.

    DESCRIPTION
    6p.
    LANGUAGES
    Portuguese
    TYPE AND GENRE
    Book/pamphlet article – Essays
    BIBLIOGRAPHIC CITATION
    BRUSCKY, Paulo. Arte correio e a grande rede: hoje, a arte é este comunicado. In: FERREIRA, Glória  (org.); COTRIM, Cecília (org.). Escritos de Artistas: anos 60/70. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2006. p.374-379.
    TOPIC DESCRIPTORS
    GEOGRAPHIC DESCRIPTORS
Synopsis

Paulo Bruscky, the artist from Pernambuco, discusses the changes brought about in the art field by the emergence of Mail Art. He notes that, over and above the communication aspect, other factors are involved, such as the use of means of distribution that are new to art. Bruscky also comments on features that are more relevant to the field of language, and which become part of the work of art, as illustrated perfectly by the phrase: “Today art is this message.” In the second part of his article, Bruscky discusses the local and international history of Mail Art.  

Leia esta sinopse em português
Synopsis

O artista pernambucano Paulo Bruscky discute transformações advindas de práticas como a Mail Art, notando que, além de aspectos comunicativos, entram em jogo fatores como a apropriação de meios de circulação alternativos àqueles prescritos para a arte. Observa, também, que aspectos da própria linguagem, cuja ênfase é posta na distância e na dinâmica permanentes, passam a fazer parte da estrutura da obra, como bem ilustra a frase de conclusão do texto: "Hoje, a arte é este comunicado". Na segunda parte do artigo, o artista apresenta um panorama nacional e internacional da história da Arte Correio.

Revert to English synopsis
Annotations

Paulo Bruscky (b. 1949), the artist from Recife, began his career in the late 1960s, and was involved in the international Mail Art movement. He took part in the Fluxus exhibitions in various parts of the world, and has an enormous collection of that group’s art. More recently he has produced performance art and other works associated with new media. His work reflects his constant involvement with his city and its art, which he has documented in the “author’s books” he has produced. The Bronx Museum of the Arts, New York recently (September 2013–April 2014) presented Paulo Bruscky: Art Is Our Last Hope, his first solo exhibition in the United States. He expresses his critical-political ideas with ephemeral materials such as Xerox copies, faxes, and letter-sized and copy paper. At the height of the Brazilian military dictatorship (1964–85), he made a name for himself by committing an act of violence: Enterro aquático (1972), challenging the country’s repression and cultural censorship by painting the word “ARTE” [art] on a coffin and throwing it into the Capibaribe River in Recife.    

 

Other Bruscky articles and projects are “A tipografia e os livros de arte em Pernambuco no século XX” [doc. no. 1110798], and “Arte correio e a grande rede: hoje, a arte é este comunicado” [doc. no. 1110683]. For more on Mail Art in Brazil, see by Francisco Bittencourt “Identidade do artista: Ângelo de Aquino” [doc. no. 1110493].

Leia este comentário crítico em português
Annotations

Paulo Bruscky é um dos pioneiros na utilização de novos meios na arte brasileira. A partir dos anos 60, o artista desenvolveu trabalhos marcadamente conceituais, em diversas mídias, como fotolinguagem, xerografia e eletrografia, super-8, happenings, performances, intervenções, livros de artista, poesia visual, poesia sonora e Mail Art.

 

Ver também: Francisco Bittencourt. Identidade do artista. In: Ângelo de Aquino. Identificação do Artista (folheto de exposição). Rio de Janeiro: Escola de Artes Visuais do Parque Lage, 1979.

 

k- Arte acontecimento

k- Crítica institucional e revisão do campo de atuação artística

l- Exploração da linguagem a partir de meios de produção, comunicação e distribuição usuais na sociedade de consumo. IMPRESSOS. REPRODUÇÃO

l- Formação de nova rede institucional e suas estratégias

Revert to English annotations
Researcher
Equipe Brasil: Guilherme Bueno
Team
FAPESP, Sao Paulo, Brazil
Credit
Courtesy of Paulo Bruscky, PE, Brasil
BRUSCKY, Paulo. Arte correio e a grande rede: hoje, a arte é este comunicado. In: FERREIRA, Glória (org.); COTRIM, Cecília (org.). Escritos de Artistas: anos 60/70. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2006