Documents of 20th-century Latin American and Latino Art

www.mfah.org Home

IcaadocsArchive

Document first page thumbnail
Editorial Categories [?]
Synopsis

Geraldo Ferraz’s text describes the different phases of Lívio Abramo’s engraving, starting with the work he produced in 1933 (based on drawings he created between 1926?27). The type of “Expressionism” out of which those works emerged was born of Abramo’s social status, “a humble and irrepressible man, both as an artist and an intellectual.” Although Ferraz acknowledges the unstable nature of his technique, he believes that his early engravings are “icons of the resistance,” emphasizing his series on Spain (during the nation’s Civil War). The following decade, the 1940s, marked the artist’s “maturity” while highlighting the potential of engraving through his album Pelo Sertão [Through the Northeastern Region], and with which he illustrated Afonso Arinos’ homonymous book for the Cien Bibliófilos project. In the 1950s the artist delved into illumination techniques that dictate rhythms of strokes and cuts across an engraving. The series Rio [de Janeiro] is emblematic of that experiment which simultaneously purifies form and appeals to landscape, which, at the dawn of abstraction, “appears to be mineral.”

Leia esta sinopse em português
Synopsis

O texto de Geraldo Ferraz situa as diversas fases da gravura de Lívio Abramo, a começar pela produção de 1933, conseqüências das representações em desenho feitas da "gente, da paisagem e do subúrbio paulistano", de 1926-27. O "expressionismo" apercebido nestas obras, segundo Ferraz, é congenial à condição social de Lívio, "homem pobre, irredutível em sua posição de intelectual e de artista". Embora chame a atenção para a precariedade quanto à técnica, o autor considera as primeiras gravuras "ícones da resistência", com ênfase para a série "Espanha". A década de 40 marca a "maturação" do artista em relação às possibilidades gráficas da gravura em relevo com o álbum "Pelo Sertão", ilustrando o livro homônimo de Afonso Arinos para o projeto Cem Bibliófilos. A década de 50 encontra o artista explorando os recursos de iluminação, ditados pelo ritmo dos traços e cortes sobre as matrizes de gravação. A série "Rio" é emblemática dessa pesquisa que a um só tempo depura a forma reaproximando-a da temática do panorama e da paisagem, que se "afigura mineral", no limiar da abstração.

Revert to English synopsis
Annotations

This text was included in the catalogue for Lívio Abramo’s (1903?93) first retrospective show, held at the MAM-RJ (Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro), September – November 1957, which exhibited a total of 127 works, among them xylographs, linocuts, metal engravings, watercolors, and gouaches. The description offered by writer and art critic Geraldo Ferraz involves a panoramic vision of the work that evaluates the different high points that marked each of the phases of his work.

 

[For a complementary reading, see other texts on Abramo in the ICAA digital archive: by Geraldo Ferraz (untitled) [“Insere-se nossa primeira recordação de Lívio Abramo num pequeno desenho (…)”] (doc. no. 1110574), and (untitled) [“No Brasil, nos primeiros salões nacionais de belas artes (…)”] (doc. no. 1110610); as well as by José Neistein, “Madeira, pedra e metal: os gravadores” (doc. no. 1110575) and “Lívio Abramo: Forty Years of Engraving and Drawings” (doc. no. 1110608)].

Leia este comentário crítico em português
Annotations

O texto integra o catálogo da primeira exposição retrospectiva de Lívio Abramo, realizada no MAM (Museu de Arte Moderna) do Rio de Janeiro, entre setembro e novembro de 1957, com a apresentação de 127 obras, entre xilogravuras, linoleogravuras, gravura em metal, desenhos, aguadas e guaches. A apresentação do escritor e crítico de arte Geraldo Ferraz constitui uma análise panorâmica da obra do artista, dedicando-se a avaliar as diferentes notações que acompanham o desenvolvimento desta trajetória.

 

i- A moderna gravura brasileira (ação individual e círculo de gravadores)

Revert to English annotations
Researcher
Luiz Armando Bagolin
Team
FAPESP, Sao Paulo, Brazil
Credit
From Geraldo Ferraz. Coleção MAM RJ
Location
Biblioteca do Museu de Arte Contemporânea - MAC/USP