Documents of 20th-century Latin American and Latino Art

www.mfah.org Home

IcaadocsArchive

Document first page thumbnail
  • ICAA Record ID
    1110519
    AUTHOR
    Moura, Carlos Eugênio Marcondes de
    TITLE
    Afrikanische Religiosität in Brasilien; Kunst und Afro-Brasilidade = African religiosity in Brazil; Afro-Brazilian art = Religiosidade africana no Brasil; Arte afro-brasilidade
    DESCRIPTION
    45p.
    LANGUAGES
    English; German; Portuguese
    TYPE AND GENRE
    Book/pamphlet article – Essays
    BIBLIOGRAPHIC CITATION
    MOURA, Carlos Eugênio Marcondes de; ARAÚJO, Emanoel. Afrikanische Religiosität in Brasilien; Kunst und Afro-Brasilidade = African religiosity in Brazil; Afro-Brazilian art = Religiosidade africana no Brasil; Arte afro-brasilidade. In: MOURA, Carlos Eugênio Marcondes de; ARAÚJO, Emanoel. Afro-Brasilianische Kultur und Zeitgenössische Kunst = Art in  Afro-Brazilian religion = Arte e religiosidade afro-brasileira. São Paulo: Câmara Brasileira do Livro, 1994. p.35-42
    GEOGRAPHIC DESCRIPTORS
    ADDITIONAL AUTHORS
    Araújo, Emanoel, 1940-
Editorial Categories [?]
Synopsis

The catalogue for Arte e religiosidade afro-brasileira, the exhibition held at the Kunstverein Museum, in Frankfurt in 1994, introduces the work of contemporary artists of African descent or whose work is inspired by African culture. The exhibition includes statues of black Catholic saints, traditional sculptures and objects by unknown artists, and works by European artists who, in the nineteenth century, recorded the presence of Africans and their descendants in Brazil. The catalogue also includes reproductions of ritual objects used in candomblé (the Brazilian cult with pure African roots) and Umbanda (an Afro-Catholic syncretism that was adopted in Brazil). There are also essays by the exhibition’s curators: the sociologist Carlos Eugênio Marcondes de Moura and the visual artist Emanoel Araújo. Moura outlines the history of the Brazilian slave trade from the sixteenth to the nineteenth centuries; he discusses the forced conversion of captured Africans to Catholicism and the development and spread of candomblé and Umbanda in Brazil, and describes their divinities, temples, and ritual objects. Araújo, meanwhile, writes about the role of black artists in Brazilian art (mainly between the seventeenth and nineteenth centuries), comparing their work to the work of contemporary artists such as Agnaldo Manoel dos Santos, Mestre Didi, Ronaldo Rego, Waldeloir Rego, and Rubem Valentim.

Leia esta sinopse em português
Synopsis

Catálogo da exposição "Arte e religiosidade afro-brasileira", realizada no Museu Kunstverein, em Frankfurt, Alemanha, em 1994. Apresenta a produção de artistas contemporâneos afro-descendentes ou cujo trabalho remete à cultura africana; estátuas de santos negros católicos, esculturas e objetos populares de autoria desconhecida; além de obras de artistas europeus que registraram, no século XIX, a presença de africanos e seus descendentes no Brasil. Contém ainda reproduções de objetos rituais do Candomblé, religião brasileira de matrizes africanas, e da Umbanda, religião sincrética brasileira. Traz textos dos curadores da mostra, o sociólogo Carlos Eugênio Marcondes de Moura e o artista plástico Emanoel Araújo. Moura historia o tráfico de escravos africanos para o Brasil entre os séculos XVI e XIX, e enfoca a conversão forçada dos cativos ao catolicismo. Aborda a formação do Candomblé e da Umbanda, no Brasil, discorrendo sobre suas divindades, templos e objetos rituais. Araújo enfatiza a presença de negros na produção artística brasileira nos séculos XVIII e XIX, e analisa a produção de artistas contemporâneos tais como Agnaldo Manoel dos Santos, Mestre Didi, Ronaldo Rego, Waldeloir Rego e Rubem Valentim.

Revert to English synopsis
Annotations

This document provides an overview of Afro-Brazilian art and religiosity written for an international audience that is new to the field. It includes essays by the sociologist Eugênio Marcondes de Moura (b. 1933) and the artist Emanoel Araújo (b. 1942), and reviews the work of Agnaldo Manoel dos Santos (1926–62), Mestre Didi (1917–2013), Ronaldo Rego (b. 1956), Waldeloir Rego (1930–2001), and Rubem Valentim (1922–91). The exhibition Arte e religiosidade afro-brasileira was part of the forty-sixth Frankfurt Book Fair (Germany, 1994), an international event that addressed the subject “Brazil — Encounter of Cultures.” The exhibition underscored the substantial African contribution to Brazilian art, from the eighteenth century until the present day, and highlighted the aesthetic nature of Afro-Brazilian popular and religious culture. The collection undoubtedly contained a bare minimum of the heritage of works illustrated in the document.

 

Raul Lody (b. 1952), the anthropologist and specialist in Afro-Brazilian religions, published several studies on this subject, including Vinte e um bastões cerimoniais (Rio de Janeiro: Museu Nacional, 1990), Dezoito esculturas antropomorfas de orixás [see doc. no. 1110529], and others along those lines, such as Coleção culto afro-Brasileiro: um documento do candomblé na cidade do Salvador [doc. no. 1110527]; Yorubá: um estudo etno-tecnológico de 50 peças da coleção arte africana do Museu Nacional de Belas-Artes [doc. no. 1110532]; and Coleção Arthur Ramos [doc. no. 1110525].

 

Other essays and studies on this subject, published by noted specialists, that have already been included in the ICAA digital archive, include Cosmologias e altares, by Maria Lúcia Montes [doc. no. 1110528]; Cem anos de arte afro-brasileira, by Marta Heloísa Salum [doc. no. 1110524]; Catálogo do Museu Afro Brasileiro, by Jocélio Teles dos Santos [doc. no. 1110521]; and Arte e religiosidade afro-brasileira, by Vagner Gonçalves da Silva (São Paulo: Câmara Brasileira do Livro, 2008).

Leia este comentário crítico em português
Annotations

O documento apresenta uma visão panorâmica da arte e da religiosidade afro-brasileira para um público internacional. A exposição "Arte e religiosidade afro-brasileira" integrou a 46a Feira do Livro de Frankfurt, Alemanha, em 1994, evento que abordou o tema "Brasil - Confluência de Culturas". Além de destacar a contribuição africana na produção artística brasileira desde o século XVIII até a contemporaneidade, a mostra chamou a atenção para o caráter estético da cultura popular e religiosa afro-brasileira. Esse banco de dados inclui apenas uma parcela das ilustrações que compõem o documento.

Ver também:
1. LODY, Raul. Vinte e um bastões cerimoniais. Rio de Janeiro: Museu Nacional, 1990.
2. LODY, Raul. Dezoito esculturas antropomorfas de orixás. Rio de Janeiro: Ministério da Cultura, Funarte, Instituto Nacional do Folclore, [1987?].
3. LODY, Raul. Coleção Culto Afro-Brasileiro: um documento do Candomblé na cidade do Salvador. Salvador, Rio de Janeiro: Fundação Cultural do Estado da Bahia, Ministério da Cultura, Funarte/ Instituto Nacional do Folclore, 1985.
4. LODY, Raul. Coleção culto afro-brasileiro.  Um testemunho do Xangô pernambucano. Recife: Museu do Estado de Pernambuco, 1983.
5. LODY, Raul. Yorubá.  Um estudo etno-tecnológico de 50 peças da Coleção Arte-Africana do Museu Nacional de Belas Artes. Rio de Janeiro: Ministério da Cultura, Secretaria do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, Fundação Nacional Pró-Memória, Museu Nacional de Belas Artes, 1985.
6. LODY, Raul. Coleção Arthur Ramos. Rio de Janeiro, Fortaleza: Funarte/ Instituto Nacional do Folclore, Universidade Federal do Ceará, 1987.
7. ALVARENGA, Oneyda. Catálogo ilustrado do Museu Folclórico. São Paulo: Prefeitura do Município de São Paulo,  Secretaria de Educação e Cultura,  Departamento de Cultura,  Divisão de Expansão Cultural,  Discoteca Pública Municipal, 1950.
8. MONTES, Maria Lúcia. Cosmologias e altares. São Paulo: Pinacoteca do Estado de São Paulo, 1997.
9. SALUM, Marta Heloísa Leuba. Cem anos de arte afro-brasileira. São Paulo: Fundação Bienal de São Paulo, 2000.
10. MUNANGA, Kabengele. Arte afro-brasileira: o que é afinal? São Paulo: Fundação Bienal de São Paulo, 2000.
11. MUSEU HISTÓRICO NACIONAL. Para nunca esquecer. Negras memórias. Memórias de negros. Rio de Janeiro: Museu Histórico Nacional, 2002.
12. SANTOS, Jocélio Teles dos. Catálogo do Museu Afro Brasileiro. Salvador: Centro de Estudos Afro-Orientais da Universidade Federal da Bahia, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia, 2004.
13. SILVA, Vagner Gonçalves da. Arte e religiosidade afro-brasileira. São Paulo: Câmara Brasileira do Livro,  2008.

d1- Arte e religiosidade

d1- Traços africanos, escultura popular e artistas "primitivos"

Revert to English annotations
Researcher
Equipe Brasil: Carlos Moura
Team
FAPESP, Sao Paulo, Brazil
Credit
Cortesia de Carlos Eugênio Marcondes de Moura, São Paulo, SP
Location
Serviço de Biblioteca e Documentação ECA/USP