Documents of 20th-century Latin American and Latino Art

www.mfah.org Home

IcaadocsArchive

Document first page thumbnail
Editorial Categories [?]
Synopsis

This text argues that Iberê Camargo’s prints are fundamental to his art and to understanding the specificity of his technique. The artist’s energetic experimentation with variations in materiality is evident in his prints. The text underscores the importance not only of the finished works, but also of the production process, the craftsmanship, and the technical research, especially in the case of the metal prints. The essay divides the development of Camargo’s graphic work into seven parts: his first contact with printing (1942–47); his study trips to Europe (1948–50); his return to Brazil (1951–56); the transition in his work in the Carretéis [Reels] series (1956–59); the gradual incorporation of abstraction (1960–73); production that combines the reel motif with the human figure (1973–90); and the “final synthesis” in the bare and dramatic Ciclistas [Cyclists] series (1991–94). Camargo’s work in prints is often compared with his painting; biographical information is provided when necessary to further understanding of his art.

Leia esta sinopse em português
Synopsis

O texto toma a produção de gravura de Iberê Camargo como parte fundamental da obra do artista, responsável por aprofundar o entendimento de especificidades da técnica e experimentar, com notável vigor, as possíveis variações de materialidade das estampas. A abordagem considera não só o embate de Iberê com o trabalho concluído e reproduzível, mas também com o processo de fabricação, com o labor artesanal e as pesquisas técnicas realizadas, sobretudo, na gravura em metal. O ensaio acompanha o percurso gráfico do artista, dividindo-o em sete partes: sobre os primeiros contatos com a técnica (1942-1947); as viagens e o aprendizado na Europa (1948-1950); o retorno ao Brasil (1951-1956); a transição processada com o início da série dos "Carretéis" (1956-1959); a incorporação gradual de características do abstracionismo (1960-1973); um período de produção esparsa em que se alternam carretéis e figuras humanas como motivos (1973-1990); e a "síntese final", em que prevalece a série despojada e dramática dos "Ciclistas" (1991-1994). Tal trajetória é sempre cotejada com a pintura de Iberê, além de reunir as informações biográficas necessárias para a compreensão da obra do artista.

Revert to English synopsis
Annotations

Mônica Zielinsky’s meticulous study of Iberê Camargo’s work in printmaking attempts to place that production in the context of modern and contemporary art, while also examining its possible connections with and divergences from the work of Oswaldo Goeldi, Lívio Abramo, Lasar Segall, Francisco Goya, Giorgio Morandi, Pablo Picasso, Willem de Kooning, and others. Zielinsky describes the development of Camargo’s graphic work as a constant process of unfolding in technique and form, a back and forth between expansion and synthesis whether in relation to procedures or to results. Camargo is interested in the way printmaking affords an authentic register that attests to its own production process by means of a succession of prints. The artist’s aesthetic thought was geared, to some extent, to the “everlasting”—and, hence, transcendent—aspect of his creations.

 

[For further reading, see in the ICAA digital archive the interviews with Iberê Camargo by Carlos and Marco André Martins (doc. no. 1110420), by Fernando Cocchiarale and Anna Bella Geiger (doc. no. 1110415), and the exclusive interview published in Revista Cultura entitled “Iberê Camargo: o poder do gesto” (doc. no. 1110416)].

Leia este comentário crítico em português
Annotations

O estudo minucioso da crítica de arte Mônica Zielinsky sobre a gravura de Iberê Camargo pretende situar a obra do artista em relação à arte moderna e ao meio artístico brasileiro contemporâneo, com o exame das possíveis conexões e das diferenças entre esta e as produções de Oswaldo Goeldi, Lívio Abramo, Lasar Segall, Francisco Goya, Giorgio Morandi, Pablo Picasso e Willem de Kooning, para citar alguns. A autora caracteriza o curso do trabalho gráfico de Iberê como um desdobramento contínuo de experiências técnicas e formais, em busca de uma combinação entre expansão e síntese, tanto nos procedimentos quanto nos resultados. A chance de obter por meio da gravura um registro autêntico, um testemunho documental, do processo de realização do trabalho de arte com a impressão de estampas sucessivas, desperta especial interesse no artista, cujo pensamento estético visava à perenidade e à permanência das criações.

i- A moderna gravura brasileira (ação individual e círculo de gravadores)

Revert to English annotations
Researcher
Equipe Brasil: José Augusto Ribeiro
Team
FAPESP, Sao Paulo, Brazil
Location
Serviço de Biblioteca e Documentação ECA/USP