Documents of 20th-century Latin American and Latino Art

www.mfah.org Home

IcaadocsArchive

Document first page thumbnail
Categorías Editoriales [?]
Resumen

El resumen de este documento será subido próximamente.

Leia esta sinopse em português
Resumen

Tadeu Chiarelli considera que uma das características marcantes da produção artística contemporânea é o citacionismo, elaborado com base em sistemas visuais, a partir da conjugação de imagens e procedimentos artísticos pré-existentes. Procura encontrar parâmetros para julgar tal produção. Destaca o papel dos meios de comunicação e dos meios tecnológicos de multiplicação da imagem. Examina a origem da "volta ao museu" na arte pop e arte conceitual, tomando por base o caso italiano, europeu e norte-americano. Percebe a diferença do artista brasileiro, que se revela engajado, com relação à imagem escolhida, optando pelo popular, pela história e memória brasileira, adicionados à antropologia, história da arte e meios de comunicação de massa. A geração nascida após a segunda guerra mundial não teria resistência aos meios de comunicação, usando o banco de imagens junto a índices de culturas particulares, escolhas sensíveis e uso da retórica. No Brasil, essa produção seria mais perceptiva a partir da década de 1980, com o uso de imagens ready-made da alta e baixa culturas. Apresenta os artistas da exposição e comenta a montagem.

Vuelva a la sinopsis en español
Comentarios críticos

Los comentarios críticos de este documento serán subidos próximamente.

Leia este comentário crítico em português
Comentarios críticos

Esse texto do crítico e historiador de arte Tadeu Chiarelli é a apresentação da exposição "Imagens de Segunda Geração", organizada no Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo em 1987, organizada sob sua curadoria. A mostra foi importante por tentar agrupar os artistas brasileiros surgidos nos anos de 1980 a partir de uma questão comum, a citação e apropriação de imagens, que seria um tema central na trajetória do crítico. Os artistas foram escolhidos a partir de pesquisa sobre a arte emergente em São Paulo realizada pelo IDART - Departamento de Informação e Documentação Artística, órgão criado em 1975 e posteriormente incorporado ao Centro Cultural São Paulo.

c- Apropriações. Entrecruza/o de culturas: cult popular e cult erudita; cult artística e indústria cultural; cult rural, cult urbana, cult suburbana

c- Geração 80. Mostras. Artistas. Novo universo de valor: volta a pintura, uso da imagem (banal, precário, remanescente); lúdico, citação e paródia

Vuelva al comentario crítico en español
Investigador
Equipe Brasil: Marco Andrade
Equipo
FAPESP, São Paulo, Brasil
Localización
Acervo Pessoal Marco Andrade