Documents of 20th-century Latin American and Latino Art

www.mfah.org Home

IcaadocsArchive

Document first page thumbnail
  • Registro ICAA
    1110457
    TÍTULO
    Emmanuel Nassar: erudito e popular
    IMPRENTA
    São Paulo, Brasil : [s.n.], 1989
    DESCRIPCIÓN
    4p.
    IDIOMAS
    Portugués
    TIPO Y GÉNERO
    Artículo de revista – Crítica de arte
    CITA BIBLIOGRAFICA
    CHIARELLI, Tadeu. Emmanuel Nassar: erudito e popular. Galeria: revista de arte, São Paulo, n.14, p.52-55, 1989.
    DESCRIPTORES DE TÓPICO
    DESCRIPTORES NOMBRES
    DESCRIPTORES GEOGRÁFICOS
Categorías Editoriales [?]
Resumen

El resumen de este documento será subido próximamente.

Leia esta sinopse em português
Resumen

Tadeu Chiarelli examina a obra do artista paraense Emmanuel Nassar. Comenta pinturas de meados da década de 1980, notando aproximação e desconforto em relação à tradição construtivista erudita, devido à inserção de cores locais naturalistas e de ornamentos de extração popular. Não podendo ser vistas como apenas herdeiras de uma razão construtiva popular e regional, as pinturas de Nassar estariam em uma situação ambígua entre erudito e popular, ou seja em um campo híbrido, questão comum a alguns artistas internacionais, mas rara entre os brasileiros. Percebe em sua fase atual uma opção pelo universo das camadas periféricas da cidade de Belém, onde misturam-se o desenho inculto presente na gráfica popular e as imagens geradas pelos meios de comunicação de massa, pelos quais se nota a impossibilidade de uma visualidade popular e regional pura. A apropriação fria de tais imagens denotaria uma aderência aos procedimentos da pop art norte-americana, acrescidos de um sotaque regionalista. Acredita que seus projetos ambientais irão radicalizar sua relação com o universo visual popular.

Vuelva a la sinopsis en español
Comentarios críticos

Los comentarios críticos de este documento serán subidos próximamente.

Leia este comentário crítico em português
Comentarios críticos

O crítico e historiador de arte Tadeu Chiarelli mostra um interesse específico pelos procedimentos de citação e apropriação de imagens na construção das obras artísticas. Foi o curador da exposição Imagens de Segunda Geração, organizada no Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo em 1987. O texto comenta a mostra do artista paraense Emmanuel Nassar apresentada no mesmo ano na Galeria Luisa Strina, em São Paulo. Nassar participou da exposição O Popular como Matriz, realizada pelo Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo em 1985.

c- Apropriações. Entrecruza/o de culturas: cult popular e cult erudita; cult artística e indústria cultural; cult rural, cult urbana, cult suburbana

c- reciclagem de meios e processos artísticos

Vuelva al comentario crítico en español
Investigador
Equipe Brasil: Marco Andrade
Equipo
FAPESP, São Paulo, Brasil
Localización
Biblioteca da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo - FAU/USP